Fellows Instituto Four

Brenda Mello



“Tu vai tirar de letra, como sempre, filha!” Embalada por essa frase de seu pai, ao longo de toda sua vida, Brenda foi se desenvolvendo e, de uma menina muito esperta, independente e curiosa, foi se transformando em uma jovem muito segura de si na sua vida, capaz de difundir suas ideias e opiniões pelos diferentes ambientes por onde passa.



Ao final do Ensino Médio, já sabia que queria estudar Ciências Econômicas, não por influência da família, mas por escolha própria, fruto de muita pesquisa. Decidiu que faria o curso na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e finalizou com nota máxima em seu trabalho de conclusão de curso, sendo nomeada para premiação do Conselho Estadual de Economia.



Poliglota, Brenda gosta de fazer uso de seu conhecimento em português, espanhol, inglês, italiano e alemão viajando por aí. Já passou por várias cidades do Brasil, países da Europa e América Latina a passeio, e, como estudante, pôde colocar em prática seu conhecimento em alemão, língua que exigiu uma grande resiliência para se tornar fluente, algo que ocorreu durante sua graduação, pois fez uma parte na UFRGS e outra parte na Alemanha, na Universität Heidelberg e Hochschule Fulda, com bolsa mérito para representar a América Latina. Após conclusão do curso de Economia, realizou pós-graduação em Inovação e também ganhou bolsa, pelo Banco Santander, para participar do MIT Professional Education’s em Transformação Digital e novas tecnologias.



Profissionalmente, Brenda já atuou em órgão governamental, startup de educação, Big 4 de consultoria e consultoria de gestão e tecnologia, tendo realizado mais de 30 projetos em diferentes setores, no ambiente público e privado brasileiro. Projetos voluntários também fizeram parte de seu portfólio, como iniciativas do Banco Mundial, Nações Unidas, além de ter sido professora de idiomas no Peru e na Itália. Sua paixão por executar e liderar projetos a levou se especializar na área, sendo hoje uma profissional certificada internacionalmente em Gestão de Projetos (PMP).



No ProLíder, Brenda pôde trocar conhecimento sobre Brasil com quem põe a mão na massa e gosta de promover mudanças, além de ter podido vivenciar a experiência de criar um empreendimento a partir do zero, algo que ela ainda não havia imaginado fazer em sua vida.



Toda essa vivência foi crucial para o seu desenvolvimento profissional e para exercer os papéis de liderança profissionais que desempenha hoje, na Bridge, como Líder de Projetos de Consultoria, responsável por gerenciamento de projetos e pessoas, e no Youth Voices Brasil, como Head de Comunidade e Projetos de empregabilidade jovem