Fellows Instituto Four

Lorenzo Cesconetto



Lorenzo teve sua história marcada pelas olimpíadas acadêmicas. Ele começou a se interessar muito por elas, e foi vencedor de algumas medalhas durante a sua trajetória. Quando estava se formando no Ensino Médio, decidiu fazer Engenharia Civil, por causa do seu pai.



Iniciou sua graduação na sua cidade de origem, começando a fazer Engenharia Civil na UFES, em Vitória. Foi realizar um intercâmbio nos Estados Unidos, estudando na Universidade de Nebraska. Quando voltou para o Brasil, Lorenzo decidiu se mudar para a UNICAMP, em busca de uma Universidade de ponta e que pudesse fornecer mais oportunidades.



Já na UNICAMP, Lorenzo entrou para a Liga de Empreendedorismo. Participou e foi vencedor do Desafio de Inovação, em 2017. Ele competiu com mais de 80 equipes. Foi também vencedor do Desafio Ponto de Partida, onde competiu com mais de 60 equipes. Além disso, também foi finalista de outras competições.



Realizou outro intercâmbio, desta vez para a Draper University, para realização de um curso intensivo de empreendedorismo. Depois do curso, Lorenzo ainda passou um tempo no Vale do Silício, interagindo com estudantes e com empreendedores, buscando adquirir novas experiências e contatos.



Lorenzo teve algumas experiências de estágio: foi estagiário do Itaú, na área de cartão de crédito. Também foi estagiário na EMBRAPA, onde pôde aplicar seus conhecimentos de machine learning, para aplicar na ocorrência de eventos naturais que podem impactar diretamente nas atividades agrícolas e agropecuárias.



Logo quando saiu da EMBRAPA, a sua próxima experiência foi como partner de uma Consultoria de ponta na área de Analytics. Eles fundaram a empresa em Palo Alto, na Califórnia e atuaram na criação de modelos de previsão de demanda, otimização de estoque, ferramentas de visualização de dados e dashboards para acompanhamentos de KPI's.

Em 2019, Lorenzo iniciou uma Pós-Graduação em Ciência de Dados pelo ITA. A tese de seu trabalho está sendo construída na utilização de dados para detecção de câncer de pele em imagens. Além do início da sua Pós-Graduação, Lorenzo voltou para o Itaú, desta vez como funcionário. Atuou como Cientista de Dados pleno, dentro da área de financiamento.

Lorenzo acredita que o empreendedorismo faz muito sentido, é o que ele pensa em longo prazo. Por isso, resolveu sair do Itaú, com o objetivo de mudar sua trajetória e trabalhar em algo que realmente faça mais sentido para aquilo que ele acredita.