Fellows Instituto Four

Luisa Souza



“Conhece-te, aceita-te, supera-te” (Agostinho)

“Ecoava mais que sentia/ Percebia mais que criava/ Lá do alto do mundo fazia/ O que todo o resto tentava”



Luísa é única e é muitas ao mesmo tempo. Ela pode ser Judi, Dama Vilanova ou simplesmente a Garota da Janela, que “fazia o que todo o resto tentava”.



Essa jovem de Belo Horizonte (MG) se divide entre uma pessoa sensível, que lança no universo combinações de palavras que acalentam a alma de seus mais ávidos leitores, e uma pessoa forte, empoderada, responsável pela Diretoria de Avaliação de Aprendizagem na Secretaria de Educação de Minas Gerais. Mais do que uma jovem de muita capacidade, estamos falando de uma mulher negra ocupando seus espaços, abrindo caminho para tantas outras que virão.



A Garota da Janela é a sua veia artística que toma forma na internet, um projeto particular, pelo qual, com muito carinho, extrapola o mundo business para falar de como somos por dentro, evocando a criança que existe em cada um de nós.



Com as energias recarregadas, volta ao “mundo real” para dar voz à Diretora, na Secretaria de Educação, que tem a missão de apontar caminhos para a política pública de Minas Gerais e gerir pessoas, promover mudanças positivas.



Essa trajetória começou na escola, visto que sempre foi aluna dedicada. Apoiada por sua família, participou de várias olimpíadas. No Ensino Fundamental, foi premiada três vezes na maratona de destaques acadêmicos do grupo Fiat, no Ensino Médio, pôde desfrutar de educação de qualidade, graças ao esforço de seus pais. Desde nova, já sabia que queria trabalhar na área pública. Conheceu a Fundação João Pinheiro, que forma gestores para trabalhar no Governo de Estado, então estudou bastante para passar no vestibular; conseguiu. Estudou Administração Pública nessa que é uma das melhores escolas do país na área.



Ainda na faculdade foi Multiplicadora do LABx, da Fundação Estudar, organizando o evento de formação de lideranças em Minas Gerais, e também foi presidente de Empresa Júnior. Recém-saída da faculdade, participou do Hackathon de Dados Públicos da Controladoria Geral do Estado de Minas Gerais, no qual conquistou o 2º lugar, e foi vencedora do 21º Prêmio de Educação Fiat Chrysler Automobiles (FCA) - Categoria Ensino Superior.



No mesmo período em que cursava Especialização em Estatística, na Universidade Federal de Minas Gerais, participou do 14th South American Business Forum, para o qual submeteu o ensaio “Doors to Development”.



Em 2019, quando se tornou membro da Global Shapers Community, entrou para o ProLíder, onde não apenas aprimorou seu talento de gestora pública, mas desenvolveu habilidades que nem sabia que tinha. Foi um período importante de autoconhecimento, de ver do que era capaz. Sua participação no programa abriu muitas portas para ela.



Atualmente, além do Global Shapers, do Fórum Econômico Mundial, ela participa das comunidades de mulheres na tecnologia R-ladies BH e She’s Tech.



No futuro, pretende estudar fora do país e retornar para atuar em organizações internacionais, como Unicef ou Banco Mundial.